Televisando o Futuro premia professora da escola Pedro Tkotz em Cambé

A professora Joice Rocha Aparecida da Silva recebeu o prêmio de melhor prática pedagógica do programa Televisando o Futuro pela atividade implantada na disciplina de arte com os alunos do 5° ano da Escola Municipal Pedro Tkotz. Joice produziu junto com os estudantes uma animação em Stop motion sobre ética no trânsito e conquistou uma posição entre as 10 melhores iniciativas do Paraná. A premiação aconteceu na última quarta-feira (18).

Joice iniciou o trabalho com seus alunos após participar de uma capacitação do programa feita para toda a rede municipal de ensino. “O tema proposto pelo Televisando aos professores neste ano foi ‘Ética’. Eu pedi às crianças que representassem em desenhos o que eles consideravam antiético na rotina da escola. Muitos retrataram o que viam principalmente no trânsito ao redor”, explica a professora.

A técnica desenvolvida pelos alunos foi o Stop Motion, uma animação feita com uma sequência de fotografias. As personagens das histórias foram produzidas com massinha de modelar. “Os alunos escreveram o roteiro das histórias e produziram as fotos para transformarem no vídeo. O projeto final foi apresentado em uma mostra de cinema que realizamos aqui na escola”, detalha Joice.
Ainda segundo a professora, toda a atividade demorou três meses para ser concluída e receber o prêmio foi muito gratificante, não só para ela, mas para os alunos também. “Eu iniciei a atividade com as crianças e foram elas que fizeram tudo, esse prêmio é mais delas do que meu”.

O Televisando o Futuro é um projeto de comunicação realizado através das parcerias entre a Rede Paranaense de Comunicação (RPC), o Instituto GRPCOM, Secretarias Municipais de Educação e Instituições de Ensino Superior.

A coordenadora regional do Instituto, Isabella Secco, explica que com a premiação, os professores se sentem mais motivados a iniciarem projetos como o de Joice nas escolas. “O objetivo do Televisando é trazer atividades que já fazem parte da grade escolar, mas que sejam iniciativas diferentes. O prêmio é um incentivo aos docentes para que eles continuem com essas atividades”, declara. (SeCOM/PMC)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: