Motociclistas cambeenses se aventuram pela Serra do Rio do Rastro

A Serra do Rio do Rastro é uma das mais famosas estradas do Brasil e também considerada como uma das mais impressionantes do mundo. O trecho da rodovia SC-390 é caracterizado por subidas íngremes, curvas fechadas e mirantes espetaculares entre penhascos e montanhas. É um dos cartões postais do estado de Santa Catarina.

Localizada entre as cidades de Lauro Müller (em baixo da serra) e Bom Jardim da Serra (em cima da serra), a Serra do Rio do Rastro era conhecida anteriormente por “Serra do 12”. O trecho é parte da rodovia SC-390 que liga o Planalto Serrano com o Litoral de Santa Catarina.

A distância é relativamente curta: são aproximadamente 15 km de estrada.

A rodovia SC-390 faz a ligação entre o litoral e os municípios da Serra Catarinense e todo o trajeto é rodeado pela Mata Atlântica.

Foi em busca desta paisagem deslumbrante que nove motociclistas de Cambé partiram para uma viagem de três dias, percorrendo mais de dois mil quilômetros, enfrentando sol, chuva, neblina e muito frio. O grupo formado por Ailton Goes Junior (Juninho), Marcelo (Graxa), André Ricardo, Aguinaldo Galvão, Edgar Machado, Marcos (Pokemon), José Braz (Pittbul), Paulo Roberto Antônio (Pilica) e Marcelo da BMW.

Para os cambeenses e turistas que passam pelo local, a Serra do Rio do Rastro é uma estrada que coloca à prova as habilidades dos motociclistas ou motoristas que se aventuram pelo trajeto. “Parece que você está em uma gigantesca montanha russa, já que no caminho existem dezenas de curvas fechadas e pequenas retas. São subidas e descidas íngremes com vistas para os abismos Chega a dar aquele ‘friozinho’ na barriga”, afirmam.

Bastou chegar em Cambé para o grupo anunciar a próxima aventura. O destino será o Uruguai e a Argentina. Na volta, com certeza, novas histórias serão contadas.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: