Implantação da Zona Verde em Cambé avança mais uma etapa

O processo licitatório da nova Zona Verde de Cambé avançou para a próxima etapa. Na última quinta- feira, 24 de maio, aconteceu a entrega dos envelopes com propostas para gerenciar o estacionamento rotativo na cidade que foi desabilitado há 5 anos.

A entidade que se apresentou foi a Escola Profissional e Social Menor de Londrina (EPESMEL). De acordo com Fausto Anami, responsável pelo departamento de Trânsito, as propostas técnica e financeira da entidade serão avaliadas pela Comissão de Licitações e após esse processo a Prefeitura terá a previsão de instalação do estacionamento.

Caso as propostas sejam aprovadas, a entidade ficará responsável por 10 anos pelo gerenciamento, fornecimento, instalação e conservação dos equipamentos e softwares empregados no sistema e implantação de todas as estruturas, inclusive a sinalização viária do estacionamento.

A nova Zona Verde vai funcionar nas ruas da região central de Cambé e em trechos das avenidas Brasil, Esperança, Roberto Conceição, Gabriel Freiceiro de Miranda e José Afonso dos Santos, totalizando 1.729 vagas. Serão 249 vagas de permanência máxima de 4 horas e 1480 vagas de permanência máxima de 2 horas.

O sistema de pagamento será feito através de parquímetros, com a tarifa de R$1,70 a hora, podendo ser feito através de cédulas, moedas ou cartões de crédito e débito. Os condutores de motocicletas terão lugares próprios para estacionar e serão isentos de tarifa.

Em caso do não pagamento da tarifa, o motorista será notificado pela gerenciadora do estacionamento para realizar o pagamento em até 24 horas, sob pena de multa de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito. (PMC/SeCOM)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: