Chefe de Cozinha cambeense apresenta sua especialidade na ExpoLondrina

Rogério e equipe durante o trabalho para a marca Dolce & Gabbana (Arquivo pessoal)

O Chefe de Cozinha cambeense especializado em gastronomia italiana, Rogerio Augustus de Sousa estará presente no stand da EMATER na Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina (ExpoLondrina), entre os dias 5 e 8, com a proposta de oferecer um prato com ingredientes produzidos no norte do Paraná. Rogério morou 22 anos na Itália e voltou ao Brasil para abrir um negócio próprio futuramente.

Já no fim da graduação de Educação Física, em 1997, Sousa teve a oportunidade de ir para a Itália e conquistar uma vida melhor. Dois anos após chegar no novo país, conseguiu trabalhar na cozinha de um restaurante e lá começou sua carreira como Chefe. “Eu estava procurando por emprego e o dono restaurante me deu a oportunidade de trabalhar para ele. Eu já gostava muito de cozinhar e ele acabou gostando do meu trabalho. Depois disso fiz cursos para me especializar e já fazem 20 anos que cozinho”, conta o Chefe.

No início de sua carreira ele fez o serviço de “catering”, um tipo de organização de eventos, principalmente na parte gastronômica, e passou por cidades de diversos países. “Durante o período que trabalhei com “catering” passei por Viena, Mônaco, Dusseldorf, entre outras. Aprendi muito também e conheci culturas diferentes que puderam contribuir para a minha especialização na gastronomia”. Além do “catering”, Rogério passou por 5 restaurantes na Itália e chegou a trabalhar para os donos da marca Dolce & Gabbana, grife italiana.

Nos últimos seis anos que ficou na Itália também foi professor de hotelaria. “Eu ensinava como trabalhar em restaurante, na questão de atendimento, desenvolvimento de todo o trabalho e as bases da cozinha. Como a Itália é um país que recebe muitos turistas de vários países, é muito importante estar sempre preparado para receber as pessoas e não só saber cozinhar”, explica Rogério.

Morando no Brasil há dois meses com a mulher, Claudete Canova, ele não pretende mais voltar à Itália e vai continuar um novo negócio por aqui. “Aqui quero oferecer ao paladar dos brasileiros a minha especialidade, que é a comida típica italiana, mas também quero aprender mais para oferecer a melhor experiência gastronômica nos próximos eventos e em um futuro restaurante aqui no Brasil”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: